Criatividade X Inovação

By 18 de abril de 2011 No Comments

 

Muito se comenta que o Brasil é um dos povos mais criativos do mundo. É uma pena não sermos um dos mais inovadores. Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) intitulada Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec) 2008, realizada com 100.496 empresas brasileiras, mostra que apenas 3,21% das empresas desenvolveram produtos ou serviços inovadores para o mercado nacional. Já inovações para o mercado mundial o número é bem menor, apenas 0,26% das empresas desenvolveram.

Os números parecem soar de forma negativa para o país. Entretanto, para o setor de design é uma oportunidade de expansão. Como ferramenta de inovação o design pode potencializar o desenvolvimento e lançamento de produtos e serviços das empresas brasileiras. Mas se há tanta oportunidade, por que o design tem baixa participação na inovação das empresas no Brasil? A razão disto acontecer é simples, falta de diálogo. As empresas querem inovar para crescerem mais e o design quer desenvolver projetos para estas empresas, mas estão distantes um do outro.

Esta falta de diálogo inicia-se na academia, pois nas matrizes curriculares, na maioria dos cursos de design do país, não há disciplinas de gestão empresarial. E o contrário também é fato, nos cursos de administração não há disciplinas de design e inovação. Resultado, os dois mundos não se conversam prejudicando todo o desenvolvimento sócio-econômico da nação. Este diálogo tem que ser “para ontem”. Como seria o resultado para ambos os mundos e para toda a sociedade se os cursos de design das universidades fizessem suas matrizes curriculares juntamente com as Associações Empresariais conforme as necessidades do mercado? Sem dúvida os números das próximas pesquisas do IBGE serão maiores.

Abraços,

Eduardo M. Borba

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE